g2h

domingo, 8 de novembro de 2009

berne

O perigo está no ar. Afinal, ele é a larva de uma mosca bonita, azul, que não come quando adulta: a Dermatobia hominis!

O berne provoca grandes prejuízos na pecuária porque parasita, principalmente, bois e vacas, entrando na sua pele para se desenvolver. Com isso, o couro do animal fica cheio de buracos, feio, o que prejudica sua venda. "O animal parasitado também sente coceira, desconforto e pode até perder peso", explica Reinalda.

As pessoas também podem ter berne. O risco é maior quando se anda por matas ou locais onde há animais silvestres ou gado. Mas se engana quem pensa que tudo começa quando a D. hominis pousa sobre nossa cabeça ou outra parte do nosso corpo. Na verdade, não é ela quem faz a "entrega" de suas larvas. Acompanhe...

A larva é coberta por espinhos que crava na pele (veja detalhe). Por isso, retirar o berne é difícil. Então, muita gente põe um pedaço de toucinho sobre o buraco feito pelo berne e espera que ele passe para a gordura de porco. "Em geral, funciona, mas não porque o berne goste de comer toucinho, como o povo diz. Na verdade, ela apenas passa para a gordura porque ela está impedindo sua respiração", explica Reinalda Lanfredi.

Em pleno vôo, a D. hominis (A) põe ovos no abdome ou sob as asas de um mosquito ou mosca que se alimente de sangue (B). Quando esse inseto pousa sobre um animal ou o próprio homem, as larvas deixam os ovos e penetram na pele, onde se desenvolvem (C).
Em pleno vôo, a D. hominis (A) põe ovos no abdome ou sob as asas de um mosquito ou mosca que se alimente de sangue (B). Quando esse inseto pousa sobre um animal ou o próprio homem, as larvas deixam os ovos e penetram na pele, onde se desenvolvem (C).

Para respirar, o berne usa estruturas especiais, que deixa fora da pele. Como o toucinho as cobre, a larva se sente asfixiada. Então, recolhe seus espinhos, sai do orifício que fez e entra no toucinho para tentar deixar as estruturas de respiração livres de novo. Mas não pense que, por conta disso, o médico também apela para a gordura de porco. Em vez disso, ele corta a pele e tira a larva, usando anestesia local para evitar a dor.

Se não for retirado, o berne se desenvolve dentro da pele, alimentando-se do líquido que flui dos tecidos destruídos, resultado da reação inflamatória que ele causa. A seguir, cai no solo, faz um casulo e se transforma em uma mosca adulta.

Após se acasalar, a fêmea põe ovos e começa um novo ciclo. Ao longo da vida, ela pode colocar até 400 ovos! As larvas que saem deles causam lesões com um furinho no meio, que são inchadas e, ao redor, avermelhadas. Alguma pode aparecer em você, então, fique atento. Mas não se preocupe: tratando, logo ficará livre do berne!

Fonte: cienciahoje.uol.com.br
fonte secundaria: http://www.portalsaofrancisco.com.br/


tudo em estado inicial é fácil de tratar... mas creio que não seja isso.
E se estiver sem grana não se esqueça da universidades que ministram o curso de medicina veterinária... eles tem por obrigação um hospital veterinário e o atendimento quando não é gratuito é infinitamente mais barato que nos particulares... além do mais eles só cobram a medicação durante o tratamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Jo3-PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

DIVERSÃO JOGO DA FORCA,Basta escolher a letra e acertar palavra.
___________________________________________ ___________________________________________ JOGO DA VELHA JOGO DA VELHA SIMPLES, QUE TAL DAR UMA PARADINHA E TESTAR SEUS REFLEXOS.BASTA CLICAR NOS QUADRADOS E BOA SORTE.

___________________________________________
  • DESCONTRAINDO O DIA AGITADO. Perguntas e Respostas interativo. clique pergunta em seguida resposta.

    jo3
  • Google+ Followers

    Google+ Badge