level

sábado, 20 de março de 2010

cao recomendaçoes ao adotar

Recomendações ao Adotar
Ao adoptar um Cão lembre-se que:

* se vive num apartamento exigirá disponibilidade da sua parte, já que é necessário levá-lo à rua no mínimo duas vezes por dia; possivelmente o Animal levará alguns dias a adaptar o seu sistema ao ritmo da nova família, pelo que é necessário compreensão e reforço positivo por parte de todos;

*
se for um adulto, será por norma mais sereno e disciplinado, apesar de igualmente habilitado a aprender novas brincadeiras truques e hábitos; se se tratar de um bebé ou jovem, sentirá necessidade de roer objectos e explorar texturas, pelo que lhe devem ser disponibilizados brinquedos para o efeito; os bebés chorarão um pouco nas primeiras horas/dias, mas é absolutamente normal;

*
se optar por um Animal não esterilizado/castrado, deve ponderar seriamente essa possibilidade, não só por motivos médicos, mas também para evitar a sua preocupante reprodução e marcação de territorial;

*
na rua, deve passeá-lo sempre de trela; em quintal/terreno, certifique-se que este está devidamente vedado (nas primeiras semanas, o Animal não conhece a zona e poderá mais facilmente perder-se ou fugir); no entanto, acidentes acontecem, pelo que deve colocar no seu Animal: a)coleira com chapa identificativa onde conste o seu telefone; b) chip que poderá ser facilmente colocado por um veterinário

*
deve ter sempre em mente onde deixará o(s) seu(s) Animal(ais) caso se ausente em férias; poderá recorrer a amigos, familiares, hotéis para animais ou intercâmbio temporário;

*
se existir outro Animal em casa, a adaptação deve ser gradual e sob o seu acompanhamento directo; ao fim de alguns dias serão amigos inseparáveis.




fonte: http://amigo-do-homem.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Badge

Todos na Varanda

Foto Cátia marilza

Todas pessoas abaixo tem o mesmo interesse que você, siga você também

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"
  • ASSISTA AO VÍDEO LINDINHA DA MAMÃE